União Fraternal


HISTÓRIA



1945

Durante um breve período, antes de 1945, funcionou no edifício o Tiro de Guerra da cidade, que permaneceu enquanto mudavam de um prédio para outro. Logo em seguida, o Tiro de Guerra foi desativado, devido à Segunda Guerra Mundial. O prédio ficou fechado durante um tempo; o Sr. Raul Cury do Abrigo e Centro Espírita o adquiriu mais tarde.

Quando o prédio foi construído, foi alvo de comentários e surpresas, pois na época eram poucos os prédios deste porte na cidade.

A edificação se encaixa no estilo colonial, com suas janelas e portas características, seu alto pé direito e sua simetria. Possui uma característica neocolonial que é o afastamento de todos os lados e o porão alto e habitável.

17 de Dezembro de 1946

O primeiro registro do imóvel localizado à Rua Paraíba, 295, que consta no cartório de registro de imóveis de Poços de Caldas é de 17 de Dezembro de 1946. O registro mostra que o imóvel foi vendido pela Santa Casa de Misericórdia de Poços de Caldas para o Abrigo e Centro Espírita União Fraternal.

– Nota: O cartório de registro de imóveis começou a funcionar em 1917, com o advento da comarca de Poços de Caldas. Os imóveis antes disso eram registrados na cidade de Caldas. Como não consta no cartório o registro da Santa Casa, supõe-se que esta, e consequentemente o imóvel sejam anteriores a 1917.

1947

Nesse período funcionava a escola, com alunos estudiosos, das oito às onze da manhã. O jardim de infância contava com 42 alunos que permaneciam no prédio das treze às dezesseis horas. A escola de corte e costura para meninas adolescentes, no período vespertino e noturno, contava com 20 e 23 alunas respectivamente. Curso noturno para crianças e adultos analfabetos.

Uniformes para meninas: Saia azul, blusa branca e gravatinha azul com bolinhas brancas; para os meninos, idem, só que calça azul, bolso da camisa bordado “E.U.F”.

Reformas

O Edifício já passou por inúmeras reformas e o que se mantém da arquitetura inicial são as fachadas, com suas portas e janelas. O interior foi totalmente modificado: construíram-se novos cômodos, como a cozinha e foram trocados os pisos, forros e pinturas (o piso inicial era de tábuas de madeira), nos afastamentos existiam jardins.

Já a parte histórica do edifício é mais repleta de informações. O papel da obra no contexto da cidade foi e é indiscutivelmente de extrema relevância.

Em 1946 o Sr. Raul Cury fundou neste prédio o Abrigo e Centro Espírita União Fraternal, que age até hoje. Os fundos do edifício sempre foram dedicados a parte do abrigo; na parte da frente eram ministradas aulas para jardim de infância, crianças e adolescentes. Havia também alfabetização de adultos e cursos de corte e costura para moças. Todas as atividades eram gratuitas voltadas para pessoas carentes.

A parte do abrigo nunca deixou de funcionar, mas na parte da frente, no prédio principal, funcionou durante um período o Colégio Sete de Setembro, que alugou o prédio. Depois, no sistema de comodato, funcionou a Colméia (Instituição para meninas) e as Casas do Caminho, ambas entidades beneficentes.

Mais tarde o prédio foi reassumido pela família Cury e retornaram as atividades anteriores.



VALORES


A Parte Cívica

O orador oficial foi o Sr. José Francisco Tepedino, do Banco Moreira Salles. Depois Emílio Perez, da federação Espírita Brasileira e o Sr. Manuel Teixeira do centro espírita “Abrigo de Senhor”, de Poços de Caldas. A menina Márcia de Souza Cury declamou dois números de poesia.

Parte Espírita

Houve uma comunicação “Belíssima, Elevada e Longa” do Padre Atibardo, falecido no Sergipe há tempos e também de “Miguel? – dos protetores dos frequentadores do União Fraternal. A irradiação foi feita pela Rádio Cultura de Poços de Caldas, que lá instalou seus microfones.


JORNAIS DA ÉPOCA


Levo ao conhecimento dos interessados que a escola de corte e costura anexa ao abrigo, terá seu início no próximo dia 2 de Maio, achando-se as matrículas abertas para moças, reconhecidamente pobres.
O curso é gratuito.

Testimonial Diário de Poços de Caldas
Diário de Poços de Caldas
1947 - a 13 de Abril

Visita do Diário ao Abrigo União Fraternal em Poços de Caldas.
200 alunos | 97 uniformes - Três classes que funcionam no período da manhã.
- O Jardim de Infância - Escola de Corte - Escola de Costura
A Obra verdadeiramente filantrópica do Sr. Raul Cury.

Testimonial Diário de Poços de Caldas
Diário de Poços de Caldas
1947 - a 14 de Setembro

X